Quem Somos

Com mais de 28 anos de atividade, a SOBRATEMA - Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração se dedica a propor soluções para o desenvolvimento tecnológico do setor, difundir o conhecimento e informações, participar da formação, especialização e atualização de profissionais que atuam no mercado brasileiro da construção e da mineração.

A entidade conta com o apoio de mais de 1 mil associados (profissionais e empresas de construção, de locação, fabricantes e prestadores de serviços) e de parceiros estratégicos, que englobam as principais entidades representativas de profissionais no Brasil e no exterior.

Blog da Sobratema

Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração

PESQUISAR

abril 20 , 2017

Gestão de Pneus contribui para economia de combustível

Os valores relativos aos pneus representam entre 8% e 12% do custo-horário total de equipamentos de linha amarela, em condições normais de trabalho em uma obra. Essa é uma estimativa do Programa Custo-Horário de Equipamentos da Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração (Sobratema). Outras fontes do mercado avaliam que os pneus respondem por um índice ainda maior quando se trata dos custos operacionais de uma frota de equipamentos móveis de construção, com cerca de 20% a 30%. 
 
              Foto: Revista M&T 

Esses dois percentuais explicam a razão pela qual o gerenciamento desse insumo vem se tornando um fator importante para as empresas e os profissionais do setor. Atualmente, no mercado, existem recursos e sistemas para contribuir com a maior eficiência em sua gestão, possibilitando, por exemplo, o monitoramento da pressão de inflação, a temperatura e a aceleração angular dos pneus em operação, com transmissão de dados em tempo real e emissão de alertas quando há alguma anormalidade. Com isso, é possível realizar um planejamento mais assertivo para a troca de pneus e para a definição do melhor momento para reforma, além de possuir um maior controle de quilometragem rodada, de gerar uma economia de combustível e proporcionar uma maior vida útil desse componente. 

Um dos principais cuidados com esse insumo é a pressão de inflação, que influencia fortemente a vida útil do pneu, em especial, em modelos utilizados em grandes equipamentos de transporte de carga. O monitoramento desse item ajuda a evitar tanto a alta como a baixa pressão, ambas com impacto no custo dos pneumáticos. Por isso é importante observar a frequência e o valor da calibragem. No caso da queda de pressão, ela pode estar relacionada, também, a vazamentos ocasionados por furos, falhas no ajuste entre o talão e a roda ou pela porosidade dos pneus. 

A Semana das Tecnologias Integradas para Construção, Meio Ambiente e Equipamentos reunirá os principais eventos desses segmentos, incluindo a BW Expo 2017 – Feira de Serviços e Tecnologias para Gestão Sustentável de Água, Resíduos, Ar e Energia, que apresentará de 7 a 9 de junho de 2017 as principais tecnologias para economia de recursos naturais na área de equipamentos e veículos.

Postado em Semana das Tecnologias Integradas

Nenhum comentário

abril 13 , 2017

Segmento de manutenção de equipamentos avalia aspectos da terceirização

A Lei da Terceirização (lei nº 13.429) sancionada parcialmente no final do mês de março pela presidência da República possibilita a contratação de trabalhadores terceirizados para exercerem cargos na atividade fim, que são as principais funções de uma empresa.

 

Na área de manutenção de equipamentos, especialistas avaliam que ela pode ser benéfica em áreas não estratégicas. Isso porque com a evolução tecnológica dos componentes de uma máquina, como os motores e as transmissões, que possuem um nível de tecnologia muito sofisticado, há uma exigência também alta na especialização para realizar a assistência técnica necessária.

 

          Foto: Personal Press  

 

Além do avanço da tecnologia nos componentes, nos equipamentos e nos veículos, tem mais duas questões que podem contribuir para a terceirização de algumas áreas nesse segmento, que é a diminuição do custo fixo e o maior foco no negócio da companhia. Em países, como os Estados Unidos, algumas empresas trabalham apenas com a mão de obra específica do negócio, sendo o restante, terceirizado.

 

Com isso, o papel do dealer pode ser ampliado quando se fala em manutenção, assim como a contratação de mecânicos terceirizados, que podem ser capacitados e certificados pelo distribuidor e/ou até mesmo pela companhia que utiliza os equipamentos.

 

Quando se pensa em terceirização, especialistas analisam ainda os benefícios, como a menor necessidade de mão de obra especializada, a garantia e a atualização das especificações e processos, e as desvantagens, incluindo a necessidade de uma estrutura de controle, dificuldade de alteração de prazos e prioridades e maior custo. Nesse sentido, uma mudança na estrutura de manutenção depende de planejamento, de indicadores, de controle e de gestão dos ativos.

 

A avaliação sobre a questão da terceirização foi um dos tópicos debatidos por seis especialistas das áreas de construção, mineração, locação, içamento de carga, transportes e areia e brita, durante o Workshop 2017, que foi promovido em abril, em São Paulo. 

Postado em M&T Peças e Serviços, Sobratema Workshop

Nenhum comentário

abril 07 , 2017

Pesquisa mostra fatores mais importantes para usuários na manutenção

Uma pesquisa com 350 usuários de equipamentos pesados em todo o país identificou os benefícios e os tributos valorizados nos serviços de pós-venda e de manutenção, seu comportamento no cenário atual e buscou detectar as tendências no mercado. 

 

        Foto: Personal Press  

 


Divididos em seis macrorregiões, os entrevistados eram, em sua maioria – cerca de 80% –, proprietários, compradores e gerentes das empresas. O parque de máquinas e caminhões desses usuários soma aproximadamente seis mil unidades, sendo que mais de 50% possui até 10 equipamentos. O setor de atuação mostrou-se bastante variado, incluindo as áreas de construção, agronegócio, mineração, locação, materiais de construção, florestal, siderurgia, prestação de serviços, peças e serviços, entre outros.

 

Um dado interessante divulgado foi que boa parte dos entrevistados está realizando a reforma de suas máquinas. Isso significa que esses clientes estão dando uma segunda ou terceira vida para seus ativos, em função da situação econômica, que culminou na falta de recursos ou créditos para compra de novos.

 

Essas reformas são realizadas, principalmente, pelos mecânicos da própria empresa ou por mecânicos terceiros. Segundo a pesquisa, somente cerca de 16% dos usuários utilizam os serviços de concessionários nessa situação. O principal motivo para este resultado é a redução de custos de logística, decorrentes dos deslocamentos dos equipamentos até a oficina dos dealers, ou do envio dos mecânicos especializados até o local da ocorrência.

 

Outra informação importante divulgada foi que os fatores que esses usuários consideraram mais importante para responder a pesquisa são a disponibilidade operacional (15,1%), o consumo de combustível (12,5%), o custo de peças (9,8%), agilidade na solução de problemas (9,4%), disponibilidade de peças (9,4%) e durabilidade de longo prazo (8,6%), entre outros.

 

A pesquisa foi encomendada pela Tracbel e divulgada no Workshop 2017, que foi promovido no dia 5 de abril, em São Paulo. 

Postado em M&T Peças e Serviços, Sobratema Workshop

Nenhum comentário

março 30 , 2017

Manutenção preventiva assegura a qualidade do equipamento

Um dos aspectos importantes contidos em um planejamento assertivo para a manutenção de equipamentos e veículos é a realização da manutenção preventiva, ou seja, de verificações periódicas com o objetivo de evitar a ocorrência de falhas potenciais. Entre os dois tipos mais comuns estão a preventiva e a preditiva. A primeira usa o tempo como parâmetro de periodicidade, e a segunda usa o resultado das medições de parâmetros físicos (temperaturas, pressões, vazões, etc.) e a análise de óleos para definir o momento das intervenções. Ambas se completam e são importantes para assegurar a preservação das máquinas.

 

Segundo especialistas, a qualidade dos equipamentos das empresas que praticam essa manutenção periódica é melhor e os índices de produtividade por máquina também são maiores em relação aos usuários que utilizam a corretiva, que é a manutenção não periódica, causada por falhas e erros. Ela pode gerar custos extras para o usuário, como por exemplo, na área da construção, quando a obra pode ficar parcialmente parada ou gerar atrasos no cronograma porque o equipamento precisou ser retirado para realizar a correção do problema.

 

Em outros setores, como o transporte rodoviário de pessoas, a manutenção preventiva é fundamental para que esse os ônibus não quebrem no percurso, criando problemas logísticos, afinal é necessário enviar rapidamente outro veículo para transportar aquele público até o local de destino, e de imagem para a empresa de viações. No caso do segmento de guindastes, a qualidade de manutenção é fundamental para a preservação do patrimônio e para minimizar os riscos de acidentes de trabalho.

 

Os conceitos técnicos, as novidades em práticas de gestão e a manutenção aplicada em seis segmentos – construção, mineração, transportes, locação, içamento de carga e areia e brita – estarão em debate no Workshop 2017, que será promovido no dia 5 de abri, em São Paulo. 

Postado em Sobratema Workshop

Nenhum comentário

março 23 , 2017

Planejamento e controle fazem a diferença na manutenção de máquinas e veículos

Em cenários de dificuldades econômicas, as empresas buscam reduzir custos para preservação de seu equilíbrio financeiro até o momento da retomada. Algumas vezes, elas olham para o setor da manutenção como uma das fontes para isso. Esse ponto vista é importante, desde que esta área não seja estratégica para os negócios da companhia. E, por meio da literatura e da experiência, que fornecem métodos e conhecimento, é possível descobrir se ela é estratégica ou não.

 

Na visão de especialistas, nesta atual cenário, há certas medidas que podem ser tomadas antes das reduções de custos, como por exemplo, a renegociação de dívidas. No caso da manutenção, o ideal é buscar a excelência nessa área, focando justamente um menor custo. Para isso, é imprescindível ter uma gestão eficiente, baseada em planejamento e controle. Esses dois itens fazem toda a diferença, porque o primeiro seria o destino e o segundo, a rota para atingi-lo.

 

Além disso, sem um bom planejamento das atividades de manutenção, o trabalho torna-se imprevisível, porque o gestor não tem uma ideia real de custo, não consegue dimensionar de maneira efetiva seus ativos, a mão de obra necessária para realização da tarefa, e os recursos físicos, como por exemplo, a oficina, as ferramentas e os materiais. O controle também fica prejudicado, resultando em menos produtividade e qualidade e mais custos e retrabalho.

 

Uma gestão de manutenção de máquinas deve, então, considerar processos, resultados, indicadores. E ela requer competência, habilidade e atitude, além de uma visão pró-ativa, que consiga se antecipar aos problemas. Antigamente, o gestor era tão bom quanto mais rápido consertasse o ativo, mas no atual cenário, é preciso mais, uma vez que a equação é mais complexa, já que a manutenção não está sozinha. Ela se relaciona com recursos humanos, treinamento, compras, estoques, participa da área de financeira, contribuindo na definir melhores marcas, modelos, dimensionando corretamente.

Postado em M&T Peças e Serviços, Sobratema Workshop

Nenhum comentário

março 16 , 2017

Associação vai fomentar os mercados da construção e da mineração

O Brasil é um das dez maiores economias globais e abrange mais de 50% do mercado da América do Sul para equipamentos de construção. Para fomentar, ainda mais, esse segmento, a Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração (Sobratema) acaba de associar a Messe München, organizadora da bauma, maior feira mundial de equipamentos para construção, objetivando a cooperação na promoção das principais feiras da Sobratema no Brasil. 

Essa associação pretende dar ao setor uma visão global consistente a atualizada dos processos, métodos construtivos, materiais e sistemas, vai fomentar, ainda mais, a realização de negócios bilaterais, já que permitirá as empresas brasileiras obter uma maior abrangência no mercado latino-americano, e possibilitará a entrada de novas tecnologias no mercado nacional, que contribuam para o desenvolvimento sustentável da infraestrutura e da construção no país.

Além disso, a cooperação pode contribuir para o crescimento da projeção na América Latina da M&T Expo – Feira e Congresso Internacional de Equipamentos para Construção e Mineração, consolidando-a como a feira mais importante do setor e como endereço certo e desejado dos expositores internacionais. E, também, pode impulsionar a M&T Peças e Serviços – Feira e Congresso de Tecnologia e Gestão de Equipamentos para Construção e Mineração e a Construction Expo – Feira de Edificações e Obras de Infraestrutura – Serviços, Materiais e Equipamentos para tornarem-se referências no setor, em igual posição ocupada pela M&T Expo.

Para a Sobratema, a associação reforça seu papel institucional como provedora de soluções, conhecimento, formação e atualização dos profissionais que atuam no mercado latino-americano da construção e da mineração. Para Messe München, a cooperação com essa feira de máquinas de construção nos permite ter acesso àquele que é, para nós, o mais importante mercado na América do Sul e reforça nossa posição de líderes como organizadores de feiras de máquinas de construção.

A M&T Peças e Serviços e a Construction Expo serão promovidas de 7 a 9 de junho de 2017, durante a Semana das Tecnologias Integradas para Construção, Meio Ambiente e Equipamentos, que também contará com a BW Expo 2017 – Feira de Serviços e Tecnologias para Gestão Sustentável de Água, Resíduos, Ar e Energia e o Sobratema Summit 2017, maior evento de conteúdo nas áreas de construção e meio ambiente.

Postado em M&T Expo , Semana das Tecnologias Integradas

Nenhum comentário

First
Prev
Página 1 de 40
Next
Last

Av. Francisco Matarazzo, 404 Cj 401 Água Branca - CEP 05001-000 São Paulo/SP - Telefone (11) 3662-4159 - Fax (11) 3662-2192 - sobratema@sobratema.org.br

Loading