Associação Brasileira de Tecnologia
para Construção e Mineração

Agregados Online - Escavadeiras: Fabricantes apresentam suas novidades para construção e mineração

ESCAVADEIRAS: FABRICANTES APRESENTAM SUAS NOVIDADES PARA CONSTRUÇÃO E MINERAÇÃO

 

Tecnologia embarcada nas escavadeiras é o principal diferencial dos fabricantes para aumentar a eficiência e reduzir o custo operacional

Divulgado recentemente, o Estudo Sobratema do Mercado Brasileiro de Equipamentos para Construção animou o setor ao apontar um crescimento de 40% na venda de equipamentos da linha amarela, em 2018, e estimar que o viés para 2019 também deverá ser de alta. Atentos a esses sinais de recuperação, as principais fabricantes de escavadeiras já têm se preparado para atender ao mercado brasileiro com o lançamento de novos produtos ou com atualizações das máquinas fabricadas e/ou comercializadas no país.

Conheça, abaixo, o que cada um delas trará de novidade para este ano!

 

BMC-Hyundai

Entre os modelos fabricados pela BMC-Hyundai no Brasil, o destaque fica por conta da escavadeira R260LC-9, de 26 toneladas. O equipamento, que é específico para granito, conta com caçamba graniteiro, monitoramento via satélite (Hi-Mate), bomba de abastecimento de combustível, entre outros diferenciais.

A R260LC-9 conta com um sistema de gerenciamento eletrônico exclusivo, que permite adequar a potência necessária para cada tipo de serviço. Com isso, é possível economizar combustível nos trabalhos mais leves e obter alto desempenho em trabalhos mais pesados. Trata-se do CAPO – Sistema computorizado de aumento de potência, que permite ao operador definir suas próprias preferências de movimentação da lança de execução.

Todos os recursos de otimização de desempenho estão ao alcance das mãos do operador, basta acionar um botão. O sistema CAPO também oferece recursos como o autodiagnostico e medidores digitais para informações importantes como temperatura do óleo hidráulico, temperatura da água e nível de combustível.

 

CASE

A aposta da CASE é a CX220C Long Reach, escavadeira com braço estendido até 15,6 metros de alcance. A máquina, que está na faixa de 20 toneladas, representa a maior fatia de vendas de escavadeiras da fabricante, que disponibiliza para o Brasil dez modelos com capacidade entre 8 e 81 toneladas.

Para o gerente de Marketing da CASE para a América Latina, Maurício Moraes, uma das razões da preferência é a capacidade de adaptação da máquina às aplicações, das leves às mais pesadas. “A CX220C Long Reach se destaca pela eficiência de consumo de combustível e a especificidade na aplicação. As duas opções de caçamba disponíveis, 0,37m³ e 0,50m³, proporcionam maior versatilidade ao equipamento graças a sua capacidade de alcance”, esclarece.

 

Caterpillar

Produzida pela Caterpillar, a nova escavadeira hidráulica Cat® 336, de 37 toneladas, é o lançamento da marca para este ano. Segundo a companhia, o modelo possui tecnologia avançada que propicia até 45% de aumento na eficiência do operador, até 15% de redução do custo de manutenção e um aumento de até 15% na eficiência de consumo de combustível (litros/ton) em comparação às séries anteriores de escavadeiras do mesmo porte.

Entre as modificações realizadas na 336, a cabine do operador passou a ter controle automático de temperatura, assentos mais largos e um ambiente com amplo espaçamento entre o operador e consoles. No caso da manutenção, a escavadeira apresenta novo sistema de filtragem do sistema hidráulico e um novo filtro de admissão de ar, com pré-purificador integrado, que tem o dobro de capacidade de retenção de poeira. Alguns itens de segurança também mudaram, como o indicador de sentido de percurso e a câmera retrovisora fornecida de fábrica.

 

Doosan

O principal lançamento que a sul coreana Doosan apresenta ao mercado é a escavadeira DX530LC-5B. Com 51 toneladas de peso operacional e caçamba com capacidade de 2,9 m3 a 3,6 m3, o equipamento é impulsionado por um motor Scania DC13 de 6 cilindros e 345 HP de potência a 1,8 mil rpm.

Além dessas características, o modelo conta com um sistema de controle de consumo chamado Smart Power Control (SPC), que otimiza o consumo de combustível através da gestão eletrônica de fluxo e potência, promovendo uma operação mais suave e eficiente ao operador. A câmera de ré e a cabine ROPS completam as características da máquina.

No que diz respeito à tecnologia embarcada, a empresa apresentou o Terminal de Serviços Telemáticos (TMS 2.0).

“A solução em conectividade centraliza todas as informações do equipamento para um terminal remoto, possibilitando o monitoramento dele em qualquer lugar”, diz o Presidente da Doosan Infracore South America, Mauro Costenaro.

Entre as principais funções do sistema estão a demarcação virtual de área geográfica, geração de relatórios de consumo, relatório de modo de operação, alarmes de manutenção preventiva por ciclo de substituição de peças, alerta de falha, entre outros.

 

JCB do Brasil

Escavadeiras

Etelson Hauck – Gerente de Produto da JCB

JCB lançou a nova escavadeira hidráulica JS130LC, o quarto modelo da linha de escavadeiras hidráulicas da companhia no país. A máquina possui as mesmas funcionalidades e características das escavadeiras de 20 toneladas, destacando-se pelo menor custo operacional e necessidade de espaço. Com a adoção do motor JCB Dieselmax de 100hp (74 kW), novo sistema hidráulico e sistemas de controle aprimorados, a JCB JS130LC promete garantir a economia de combustível e custos de operação reduzidos.

Em entrevista à revista Agregados Online durante a M&T Expo 2018, o gerente de produto da JCB, Etelson Hauck,  destacou um modelo que deve ganhar cada vez mais espaço no segmento de agregados: a escavadeira JCB JS ECO 235, uma versão com 23,5 toneladas, especialmente direcionada ao trabalho em pedreiras, com um motor de 4 cilindros, porém mais potente que o normal, com seus 173hp, o que a torna bastante econômica e, por isso, o “ECO” de seu modelo.

“Essa máquina possui oito modos de trabalho, que podem ser alterados de acordo com a operação do cliente. Além disso, ela conta com o sistema de amortecimento dos braços, garantindo que os pinos e buchas não tenham desgastes prematuros, com operadores menos experientes”, observa Hauck.

A máquina pode ser adquirida tanto com um rompedor HM170D, de 1600 kg, acoplado ou com uma caçamba de 1,25 m³ Heavy Duty. Outra característica diferenciada para a “versão pedreira” da JCB JS Eco 235 é a esteira em 600 mm, mais estreita que as das versões para terraplenagem, mas que contam também com a proteção Heavy Duty, ideal para o terreno mais abrasivo das pedreiras.

Este modelo ainda possui o sistema Smart Control, objetivando maior produtividade, pois realiza o monitoramento global do equipamento e permite entre outras coisas a pré-programação do ajuste hidráulico ideal para cada tipo de implemento a ser utilizado. Portanto, se o cliente tiver que utilizar vários tipos de rompedores em sequência, basta apertar um botão, que terá disponível a configuração programada para cada tipo de rompedor, sem necessitar de ajustes hidráulicos mais complexos e evitando paradas mais longas entre as trocas.

A JCB JS ECO 235 traz um conjunto eletrônico embarcado bastante completo, que permite a integração de ferramentas de monitoramento, como o sistema Live Link, que gera informações sobre os históricos de consumo de combustível, dos modos de operação utilizados, do quanto ela se deslocou nos espaços de trabalho, entre outros dados importantes para mensurar a produtividade.

 

John Deere

A John Deere traz diversos lançamentos em seu portfólio, mas o destaque fica por conta da escavadeira 350G LC ME (escavação em massa). Este modelo de 35 toneladas foi desenvolvido para aplicações severas, como mineração e construção pesada, com características apropriadas para aplicações em pedreiras. Segundo a empresa, a 350G LC ME recebeu diversas melhorias para atender às demandas dos clientes, consistindo em um aumento considerável da durabilidade dos componentes da estrutura inferior, articulações e estrutura superior.

Outro ponto relevante foi a recalibração de software do sistema hidráulico, entregando uma economia de combustível de até 5% sem afetar a produtividade do modelo, reduzindo ainda mais os custos operacionais dos clientes.   A 350GLC ME conta ainda com o sistema de telemetria JDLink™ para recebimento/controle de

informações através de um computador ou celular via aplicativo. Com esse sistema de telemetria, o cliente tem acesso às informações básicas como localização, códigos de alerta, gerenciamento de manutenção preventiva e controle de horas do motor, e até mesmo a dados específicos do equipamento, como consumo de combustível.

 

Komatsu

Durante a M&T Expo 2018, a Komatsu apresentou seis máquinas que demonstram a tecnologia e inovação oferecidas em seus equipamentos. “No que diz respeito às escavadeiras, no entanto, o destaque da companhia foi o modelo hidráulico PC200-8M0. O equipamento vem de fábrica com motor Tier 3, potência líquida de 138 HP e peso operacional de 21 toneladas”, disse o Engenheiro de Aplicação, Vladimir Machado.

Com opções de configuração de braço e lança, a máquina oferece versatilidade para sua aplicação através da versão Massa, com caçamba de 1,5 m³ que prioriza a produtividade, e a versão Alcance, com braço de 2,9 m para atividades que necessitam maior alcance de escavação. Além disso, possui seis opções de modos de trabalho (P, E, L, B, ATT/P e ATT/E) e função de ajuste do modo E com ênfase na economia de combustível.

 

Liebherr

Novidade da Liebherr, a escavadeira R 954 C SME pertence à classe de 60 toneladas. O modelo “Super Mass Escavation” tem um carro inferior robusto e utiliza um contrapeso mais pesado que o seu modelo convencional, a R 954 C, o que permite a utilização de uma caçamba maior sem perda da estabilidade da máquina. 

Equipado com motor diesel Liebherr de seis cilindros em linha, com 240 kW e 326 HP, o equipamento está configurado para atingir a maior produção possível: a lança de 6,70 metros SME e o braço de 2,35 metros SME permitem à Liebherr oferecer aos clientes uma caçamba de 3,7 m³ HD. 

Com essa configuração para escavação de rocha detonada de até 1,80 t/m³ de densidade empolada, com seus cilindros de maior diâmetro que atingem forças de escavação até 29% maiores que o seu modelo convencional e um baixíssimo consumo específico de combustível, a R 954 C SME atinge seu objetivo ao oferecer a mais alta produtividade em termos de tonelada produzida por combustível consumido em aplicação de pedreira no Brasil.

 

Link-Belt

A M&T Expo 2018 foi o palco de lançamento da nova série de escavadeiras da Link-Belt, a linha X3E, que é representada no Brasil pelos modelos 210X3E, 180X3E e 360X3E.

A escolha da letra “E” que acompanha todas as máquinas da linha fazem referência à palavra “evolução”, já que os novos equipamentos trazem diferenciais específicos para o mercado latino-americano ao serem comparados com a série anterior. A escavadeira 210X3E, por exemplo, ganhou novos reforços nos pontos críticos, como na área interna do braço, para reduzir os desgastes decorrentes da movimentação da caçamba.

A escavadeira 180X3E, por sua vez, também traz uma série de melhorias, a começar pela segurança. O equipamento vem com reforço geral em sua estrutura e cinco pontos de iluminação, sendo dois na cabine, dois na lança e um na dianteira, que proporcionam visibilidade a qualquer hora do dia/noite. Para completar o time, o modelo 360X3E conta com diversos recursos novos que irão proporcionar maior controle, produção e segurança aos operadores.

Vale ressaltar que todos os equipamentos da série X3E trazem o sistema do Remote CARETM embarcado, que permite o rastreamento da máquina, com a função de geobloqueio.

telemetria compila informações sobre o desempenho da escavadeira em campo, reunindo dados como localização da máquina, análise diária da operação, códigos de erro e o consumo de combustível diário.

 

LiuGong

O equipamento de destaque da LiuGong é a escavadeira 922E. Com peso operacional de 22 mil kg e caçamba padrão de 1,2 m3, o modelo se destaca por contar com o Power Control System, sistema de controle que monitora a RPM do motor e outros parâmetros. Quando a carga externa aumenta, a força na bomba e motor aumenta. Quando a carga reduz a RPM do motor, o sistema de controle ajusta a pressão da bomba automaticamente.

Além disso, outros diferenciais da máquina incluem a nova geração do Sistema CAPC desenvolvido e patenteado pela LiuGong, integração dos sistemas mecânico, elétrico e hidráulico, e melhor controle, eficiência e economia de combustível.

 

New Holland Construction

New Holland Construction apresentou ao mercado sua nova linha de miniescavadeiras de 1 a 4 toneladas. Composta por cinco modelos – E17C, E18C, E26C, E33C, E37C –, os novos equipamentos possuem braço longo, o que proporciona maior alcance e profundidade de escavação, além da terceira função para implementos hidráulicos.

O destaque fica para o modelo E37C, que tem duas versões: cabine fechada com ar condicionado e toldo. Também chamados de compactos, os mini equipamentos apresentam características complementares à linha amarela convencional, amplamente empregada em grandes obras de infraestrutura e obras urbanas, por serem menores e mais ágeis, além de contarem com uma ampla gama de implementos.

Quanto à tecnologia embarcada das máquinas, a New Holland destaca os sistemas FleetSystems, que garantem alta produtividade e total controle na execução dos trabalhos ao acompanhar em tempo real a eficiência/comportamento dos equipamentos, otimizar a operação, reduzir os custos operacionais e de manutenção, entre outros. Vale ressaltar que todos os equipamentos da marca podem ter o sistema de monitoramento a distância FleetForce, instalado para monitorar diferentes parâmetros do equipamento como localização, temperatura do motor, consumo de combustível, condições de trabalho, horímetro e, claro, para auxiliar o proprietário na manutenção preventiva e na segurança do equipamento.

 

Volvo

Para 2019, a Volvo Construction Equipment apresenta duas novas escavadeiras para o trabalho em aplicações gerais: os modelos EC210D e EC210DL, ambos da classe de 21 toneladas. A principal diferença entre elas é que a EC210DL possui um carro inferior mais longo e a EC210D um carro standard. “Os clientes agora têm mais opções para escolher os equipamentos que melhor se adequem às suas aplicações”, diz o diretor comercial da empresa, Gilson Capato.

Os equipamentos foram projetados com base na experiência da Volvo de oferecer máquinas de fácil manutenção e operação, ergonômicas e de alta produtividade. O novo motor Volvo de 4 cilindros com potência bruta 168hp, combinado com uma pressão hidráulica que proporciona forças de escavação elevadas, garante tempos de ciclo curtos e mais produtividade.

Vale ressaltar que o motor Volvo trabalha em conjunto com a hidráulica para proporcionar mais potência e, assim obter, o melhor equilíbrio entre desempenho e consumo de combustível. Com visibilidade total ampliada, os modelos possuem assento ajustável e controles ergonômicos. A cabine tem um novo monitor de I-ECU, com uma variedade de informações, bem como o modo ECO inteligente que contribui para a eficiência total de combustível, sem perda de desempenho. Exclusiva da Volvo, essa opção contribui para melhorar em até 5% a eficiência no consumo.

 

XCMG

A XCMG destacou três modelos de escavadeiras: XE150BR, XE215BR e XE370BR, sendo este último o mais indicado para as pedreiras. Além  da estrutura de aço do braço reforçado que aumenta a durabilidade de operações de alta intensidade, as caçambas da máquina podem ser adaptadas às necessidades do mercado brasileiro.

Os componentes estruturais da escavadeira, tais como chassi superior, chassi inferior, braço e lança são todos fabricados no Brasil, desde a compra das chapas, processo de corte, dobra, solda e usinagem. Todos os conjuntos fabricados tem um controle de produção e fabricação rigorosos, elevando assim a qualidade e confiabilidade do produto.

 

}