Associação Brasileira de Tecnologia
para Construção e Mineração

Webinar Sobratema apresentará as transformações e as tendências do mercado de agregados para construção

O setor de agregados é fundamental para a indústria da construção, desde a pequena reforma domiciliar até grandes empreendimentos de infraestrutura. Qualquer modificação nesse ambiente pode alterar os custos finais ao consumidor, impactando desde o planejamento até a execução das obras.

Esse segmento não ficou alheio à pandemia do novo coronavírus, vivenciando períodos de muitas oscilações. Contudo, segundo o engenheiro Paulo Oscar Auler Neto, vice-presidente da Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração (Sobratema), o setor de passou por transformações relevantes nos últimos anos. “O maior uso de concreto bombeado e as dificuldades na extração de areia natural geraram um novo perfil de demanda da curva granulométrica e exigiram ajustes nas instalações e nas referências comerciais”, explica.

Assim, para trazer mais informações sobre essas mudanças, a entidade promoverá no dia 23 de setembro, às 15h00, o Webinar Sobratema Atualidades no Setor de Agregados para a Construção, com transmissão pelo Canal da Sobratema no YouTube.

O evento online mostrará ainda a maneira de obter mais eficiência das peneiras; as formas de otimizar as operações com o uso de planos de fogo mais eficientes; os benefícios obtidos com a automação das instalações; e como escolher a tela mais adequada para cada operação, avaliando o custo de aquisição, área útil de peneiramento, material de fabricação e facilidade de substituição.

Estão confirmadas as participações de Fernando Valverde, presidente executivo da  Associação Nacional das Entidades de Produtores de Agregados para Construção (Anepac); Benito Bottino, sócio-proprietário da Minério Telas e diretor técnico da Sobratema; Everson Cremonese, diretor de Vendas na área de agregados da Metso; e Ricardo Silva, gerente Comercial da AECI World.

Na análise de Auler Neto, os temas escolhidos ajudam o mercado a compreender os caminhos percorridos pelo setor e contribuem na busca pelo aumento da produtividade nas operações. “As instalações existentes no Brasil, em sua maioria, são antigas e necessitam de equipamentos mais modernos. O fato de o setor da construção  ter um comportamento cíclico, de certa forma, inibe grandes investimentos de longo prazo em equipamento, porém este quadro vem mudando. Já temos algumas instalações monitoradas eletronicamente nos mesmos padrões internacionais”, pondera. “Somente alcançaremos melhores índices de produtividade com uma nova geração de equipamentos. E, todo pacote tecnológico está disponível no Brasil. Assim, é preciso uma maior visão de longo prazo“, acrescenta.

Nesse sentido, as tendências desse setor são as instalações de britagem inteligentes, utilizando menos de 50% da mão de obra; equipamentos mais duráveis e de fácil manutenção, além do uso massivo de recursos eletrônicos de monitoramento e assessoramento à gestão.

Por fim, Auler Neto destaca que a profundidade dos temas abordados pelo Webinar Sobratema Atualidades no Setor de Agregados para a Construção, as interações com o moderador e a participação do público via chat são diferenciais do evento. “Nosso objetivo é sempre provocar a reflexão sobre onde estamos e onde podemos chegar”.